segunda-feira, 13 de julho de 2015

Maldições Exageradas...

Um rapaz me perguntou sobre maldições em meu e-mail...

Sabe, eu fico impressionada como as pessoas são incapazes de analisar o custo energético de uma maldição. O objeto desta parece ser merecedor de uma punição, talvez até a morte, por ter a atenção do seu amado; ter roubado o lanche da escola; ou sei lá o que.

Eu não gosto de ensinar feitiços pela internet, muito menos maldições, mas resolvi dar algumas informações que eu considero importantes a respeito de maldições:

1) Apesar do grande fluxo de poder que a raiva traz, deixe para fazer uma maldição estando de cabeça fria, para poder pensar com clareza no feitiço e evitar refazer o feitiço.
2) Como todo feitiço, uma maldição tem custo energético alto. Tenha certeza de ter de onde tirar o abastecimento do feitiço.
3) É bom (mas não obrigatório) que você seja proporcional à ofensa na punição. Pois a lei do retorno serve a todos no mundo. Inclusive pra você. Se você for um wiccano como eu, voce estará também sujeito a lei triplice.
4) Use técnicas que você domina. Por mais simples que sejam, serão mais eficientes que técnicas que você só ouviu falar ou está testando.
5) Se você tem aliados mágicos, conte com eles.
6) Garanta a segurança do seu círculo. Use técnicas de ocultação.
7) Empodere suas ações, sendo orientado por uma divindade, trabalhe com a mediação dos deuses.

8) Procure trabalhar com honra e justiça. Isso empodera você e suas ações em todos os planos.

É isso...

Espero ter ajudado.

Bênçãos Plenas

3c